Inicio Nacional UMA RÁDIO DETESTÁVEL

UMA RÁDIO DETESTÁVEL

Um menino telefona para um programa interactivo da estação de Rádio Mil Colinas e diz assim: “… tenho 8 anos, quero saber se já tenho idade para matar uma barata”. E o locutor responde assim: “…que pergunta fofa…” No entanto, barata ou baratas é o termo encontrado pelos locutores da rádio para designar todo ruandês da etnia tutsi.

A peça Hate Rádio começa com uma instalação de vídeo. Em 4 telas acompanhamos depoimentos de carrascos e vítimas do genocídio ruandês de 1994. Narram factos temporalmente distantes, mas psicologicamente sempre próximos deles, sempre dentro deles. O conceito de representação dos actores que interpretam os depoimentos é simplesmente interessante: leve. As lágrimas distantes dos olhos, os soluços distantes das suas vozes. É como se a tragédia não mais lhes tocasse, que fosse apenas uma vaga lembrança. E é isso que torna o momento profundo dramaticamente para a plateia. A instalação ocupa toda a introdução do espectáculo. Alías, a introdução e a conclusão são caracterizados pela instalação de vídeo para depoimento das vítimas e carascos.

Subscreva-se e acompanhe todas notícias sobre cultura National

Coloque o seu e-mail abaixo para receber as últimas actualizações e promoções do nosso website.

Mais Lida

O Tempo dos Leopardos

O Tempo dos Leopardos A independência nacional fez nascer uma rica história do cinema moçambicano. Um cinema que foi ao encontro do cidadão ate ao...

O Tempo dos Leopardos

O Tempo dos Leopardos A independência nacional fez nascer uma rica história do cinema moçambicano. Um cinema que foi ao encontro do cidadão ate ao...

Dia do CD do dia 26 de Maio conta com Texito Langa na cessão de Autógrafos

MIGHTY VIBRATION (Texito Langa) | domingo 26 de Maio | Dia do CD | no beergarden no jardim dos Madjerman nas esquinas Av. 24...

Centro Cultural Português em Maputo dedica o mês de março ao premiado escritor português Gonçalo M. Tavares.

No âmbito da iniciativa Escritor do Mês, o Camões – Centro Cultural Português em Maputo dedica o mês de março ao premiado escritor português Gonçalo M....

Related News

Resgate, Um Filme Para Ver e Rever!

O filme emerge a partir de duas linhas narrativas. A primeira é a que segue as peripécias de um jovem caminhando por picadas e...

O Tempo dos Leopardos

O Tempo dos Leopardos A independência nacional fez nascer uma rica história do cinema moçambicano. Um cinema que foi ao encontro do cidadão ate ao...

Dia do CD do dia 26 de Maio conta com Texito Langa na cessão de Autógrafos

MIGHTY VIBRATION (Texito Langa) | domingo 26 de Maio | Dia do CD | no beergarden no jardim dos Madjerman nas esquinas Av. 24...

Centro Cultural Português em Maputo dedica o mês de março ao premiado escritor português Gonçalo M. Tavares.

No âmbito da iniciativa Escritor do Mês, o Camões – Centro Cultural Português em Maputo dedica o mês de março ao premiado escritor português Gonçalo M....

PASSOS EM VOLTA é a nova peça da Companhia João Garcia Miguel, com estreia marcada para o Teatro Ibérico

PASSOS EM VOLTA é a nova peça da Companhia João Garcia Miguel, com estreia marcada para o Teatro Ibérico, dia 19 de junho de 2019. Esta criação,...

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here