Inicio Literatura Mia Couto inaugura trilogia

Mia Couto inaugura trilogia

“Mulheres de Cinza”

Depois de quase dois meses longe de tudo e de todos, algures na Itália, eis o resultado: “Mulheres de cinza”. O mais recente romance é o primeiro volume da trilogia “As Areias do Imperador”, da autoria de Mia Couto. O livro é lançado, hoje, na Fundação Fernando Leite Couto, em Maputo.

Esta trilogia aborda os derradeiros dias do chamado Estado de Gaza, o segundo maior império em África dirigido por um africano: Ngungunhane.

A opção pela trilogia resulta do facto da viagem ser longa. Começa em terra, neste primeiro volume. Depois segue rio adentro, no segundo volume e termina no mar. Na verdade essa é a viagem que a personagem principal irá levar, saindo da sua terra – Zavala – até outros quadrantes.

Inicialmente, Couto queria que fosse uma única obra, mas cedo se apercebeu que resultaria num livro de muitas páginas, dai a ideia de ramificá-lo em três partes.

Subscreva-se e acompanhe todas notícias sobre cultura National

Coloque o seu e-mail abaixo para receber as últimas actualizações e promoções do nosso website.

Mais Lida

Vozes da Representação, Memórias do Teatro Moçambicano, Volume I

Benites Lucas José gosta e ama a arte de representar. Mas notou ausência de formas de memórias sobre seus fazedores, sobretudo na forma literária....

Vozes da Representação, Memórias do Teatro Moçambicano, Volume I

Benites Lucas José gosta e ama a arte de representar. Mas notou ausência de formas de memórias sobre seus fazedores, sobretudo na forma literária....

Resgate, Um Filme Para Ver e Rever!

O filme emerge a partir de duas linhas narrativas. A primeira é a que segue as peripécias de um jovem caminhando por picadas e...

O Tempo dos Leopardos

O Tempo dos Leopardos A independência nacional fez nascer uma rica história do cinema moçambicano. Um cinema que foi ao encontro do cidadão ate ao...

Related News

Mbuta, Dança Tradicional Misteriosa Desaparecida

Desde os tempos mais idos dos nossos ancestrais que a dança era praticada nas zonas rurais da província de Inhambane. Só mulheres, anciâs e...

Vozes da Representação, Memórias do Teatro Moçambicano, Volume I

Benites Lucas José gosta e ama a arte de representar. Mas notou ausência de formas de memórias sobre seus fazedores, sobretudo na forma literária....

Resgate, Um Filme Para Ver e Rever!

O filme emerge a partir de duas linhas narrativas. A primeira é a que segue as peripécias de um jovem caminhando por picadas e...

O Tempo dos Leopardos

O Tempo dos Leopardos A independência nacional fez nascer uma rica história do cinema moçambicano. Um cinema que foi ao encontro do cidadão ate ao...

Dia do CD do dia 26 de Maio conta com Texito Langa na cessão de Autógrafos

MIGHTY VIBRATION (Texito Langa) | domingo 26 de Maio | Dia do CD | no beergarden no jardim dos Madjerman nas esquinas Av. 24...

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here