Sol de Carvalho Explode

O renomado realizador moçambicano retirou-se por alguns dias da Cidade de Maputo para fixar-se no interior do distrito de Chibuto, província de Maputo, e ai rodar mais uma longa-metragem sua, “No dia em que Mabatata explodiu”.

Trata-se da operacionalização do prémio que ganhou no FICTV da CPLP no valor de 150 mil euros e parceria com uma produtora portuguesa.

A narrativa decorre no pós guerra civil e gira em volta de um menino obrigado a cuidar de um boi para o casamento do tio. No entanto, o animal aciona uma mina.

JOIN THE DISCUSSION