Jazz Mondlane

Tão pequeno ele é, e já tem nome de um grande estilo musical. Não fosse seu pai um grande amante desses sons, tendo começado a andar desde pequeno nesses meandros com Morreira Chonguissa, antes de escolher outros caminhos para sua vida. E porque esses sons estão nas entranhas do Mondlane, decidiu imortalizá-los em seu filho, dando-lhe o nome de Jazz. Em reconhecimento do feito e da amizade de ambos, Morreira Chonguisa não resistiu em oferecer ao pequeno Jazz Mondlane o seu mais recente disco, no dia que se comemorou o Dia Internacional do Jazz.

Artigo Anterior

Poesia no Cinema

Próximo Artigo

Democratizando o Jazz

JOIN THE DISCUSSION