Anoitecer em Sarau com Ivo Maia

Existem críticas sobre a música moçambicana em grande escala por internautas no mundo fora. É normal um moçambicano ouvir dizer que não existem cantores de verdade em Moçambique. O facto é que isso não é verdade. Não há um país se quer que não tenha um cidadão que domine uma determinada matéria, ou que não saiba de alguma coisa com tanto domínio como os outros no mundo fora.

É o caso deste grande fenómeno musical, Ivo Maia. Voz excelente e músicas com atitude. Cocktail de música moçambicana, Brasileira e Jamaicana é o que Ivo Maia e sua banda compõem e viajam para diversos países representando Moçambique.

Recentemente, o grupo composto por três elementos, apresentou num sarau na Fundação Couto, diversos temas relacionados com a cultura moçambicana. Ivo Maia disse que leva a cultura moçambicana para fora, que fala nas suas canções da capulana, da mulher moçambicana, da Marrabenta, do Mapiko, das belezas da nossa cultura e muito mais. E para completar o seu enriquecimento cultural, disse que também trás as suas experiências de fora para partilhar com o povo moçambicano, nas suas canções, fala sobre o povo jamaicano, sobre os índios no Brasil e sobre a cultura fora de Moçambique.

  Foi um Sarau animado e diversificado, com um espaço aberto de quinze minutos para o público apresentar o que de melhor sabe fazer. Voluntários como Faira e Osório, apresentaram poemas reflexivos.

JOIN THE DISCUSSION